Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/15629
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 8-Apr-2022
metadata.dc.creator: TRINDADE, Maria de Nazaré Barreto
metadata.dc.description.affiliation: SEMEC/PA - Secretaria Municipal de Educação
metadata.dc.contributor.advisor1: Marin, Rosa Elizabeth Acevedo
Title: A “Senhora do reino encantado de Guimarães” e suas contemporâneas: Antropologia e Literatura na trajetória da escrita feminina negra na Amazônia do entresséculos XIX e XX
metadata.dc.description.sponsorship: 
Citation: TRINDADE, Maria de Nazaré Barreto. A “Senhora do reino encantado de Guimarães” e suas contemporâneas: Antropologia e Literatura na trajetória da escrita feminina negra na Amazônia do entresséculos XIX e XX. Orientadora: Rosa Elizabeth Acevedo Marin. 2022. 298 f. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2022. Disponível em: https://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/15629. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A tese A “Senhora do Reino Encantado de Guimarães” e suas contemporâneas: Antropologia E Literatura na Trajetória da Escrita Feminina Negra na Amazônia do entresséculos XIX e XX pretende reconstruir etnograficamente a trajetória literária, social e política de vozes femininas e negras na literatura produzida no Brasil e, especialmente na Amazônia no entresséculos XIX e XX. Produzir uma teia de relações onde a multivocalidade, ou seja, as múltiplas vozes sejam evidenciadas e, essencialmente, as vozes silenciadas por uma sociedade que se construiu sobre o tripé do preconceito- racismo- discriminação social. Por meio do diálogo entre a antropologia e a literatura e usando a etnografia enquanto concepção teórico- metodológica que fundamenta uma espécie de “arqueologia” do conhecimento acerca das mulheres que escrevem e escreveram e cujos textos ficaram à sombra da historiografia literária. Penso que essas questões são relevantes nesse contexto de intensificação das discussões em torno da construção de novas relações de poder e da democratização do acesso aos bens culturais no Brasil. Assim, encaramos a literatura também como campo de poder, espaço construído histórica e socialmente, onde as publicações e o acesso foram controlados por homens, brancos e de classes sociais privilegiadas. A tese rastreia algumas dessas autoras, cujos nomes sofreram em determinados momentos apagamento dos registros oficiais, mas sua escrita permanece registrada seja em folhetins, em publicações avulsas, em periódicos, em livros já publicados. Levarei em conta suas subjetividades, o riscado de suas existências no mundo, ou como bem aponta Evaristo, suas escritas de vida- ou escrevivências, portanto são para mim sujeitas, das quais a tese compila e analisa um pouco da trajetória de vida e da produção literária. Algumas autoras e autores foram meus companheiros nessa incursão, entre eles, cito: Lélia Gonzalez, Conceição Evaristo, Ângela Davis, bell hooks, Michele Perrot, Regina Dalcastagnè, Vicente Salles, Abdias do Nascimento, José Veríssimo, Aimé Cesairé, Frantz Fanon, George Balandier, Goldman, Pierre Bourdieu, J. Clifford entre outros.
Abstract: The thesis The “Lady of the Enchanted Kingdom of Guimarães” and its contemporaries: Anthropology and Literature in the trajectory of black female writing in the Amazon region between the XIX and XX centuries intends to ethnographically reconstruct the literary, social and politic trajectory of female and black voices produced in Brazilian literature and, especially in the Amazon region between the XIX and XX centuries. To produce a web of relations where multivocality, that is, the multiple voices are put in evidence and, essentially, the voices silenced by a society built in the tripod of prejudice-racism-social discrimination. Through the dialog between anthropology and literature and by using ethnography as a theoretical-methodological conception that substantiates a type of “archaeology” of the knowledge on women who write and wrote and whose works remained shadowed by literary historiography. I believe that these questions are relevant in this context of intensification of the discussions around the construction of new power relations and the democratization of access to cultural property in Brazil. This way, we alsoface literature as a field of power, a space historically and socially built, where the publications and access were controlled by men, white and from privileged social groups. The thesis tracks a few of these female authors, whose names were, in certain moments, erased from official records, but whose writing remains registered in feuilletons, in loose publications, in journals, in published books. I will take into consideration their subjectivities, the trace of their existence in the world, or like Evaristo points out, whose write-living, or escrevivências, therefore, are for me subjects, from whom the thesis compiles and analyzes a slice of their life trajectories and literary production. Some authors were my companions in this attempt, among whom I mention: Lélia Gonzalez, Conceição Evaristo, Ângela Davis, bell hooks, Michele Perrot, Regina Dalcastagnè, Vicente Salles, Abdias do Nascimento, José Veríssimo, Aimé Cesairé, Frantz Fanon, George Balandier, Goldman, Pierre Bourdieu, J. Clifford, among others.
Keywords: Antropologia
Literatura
Voz Feminina negra
Etnografia
Poder
Anthropology.
Literature
Black female voice
Ethnography
Power
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: Antropologia Social
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: Memória, Paisagem e Produção Cultural
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Teses em Antropologia (Doutorado) - PPGA/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_SenhoraReinoEncantado.pdf10,91 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons