Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/14947
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 15-Mar-2019
metadata.dc.creator: BATISTA, Ramiro Esdras Carneiro
metadata.dc.description.affiliation: UNIFAP-Universidade Federal do Amapá
metadata.dc.contributor.advisor1: BELTRÃO, Jane Felipe
Title: Keka Imawri: narrativas e códigos de Guerra entre os Palikur-Arukwayene
Citation: BATISTA, Ramiro Esdras Carneiro. Keka Imawri: narrativas e códigos de Guerra entre os Palikur-Arukwayene. Orientadora: Jane Felipe Beltrão. 2019. 165 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2019. .Disponível em: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/14947. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A dissertação é um estudo histórico-antropológico sobre a Keka entre o povo PalikurArukwayene do rio Urukauá que demonstra a constituição da pessoa autônoma entre os povos que compõem o mosaico interétnico na fronteira do Oiapoque a partir de evento considerado belicoso, ao tempo em que busca trazer a lume a versão indígena relativa ao histórico de ocupação da região guianense que se constituiu ao longo de séculos como a Amazônia caribenha. Não obstante a Keka ser traduzida como Guerra por distintos interlocutores indígenas, o cotidiano etnográfico demonstra que a mesma encontra melhor tradução em português como festa ou competição guerreira, abordando princípios e motivações para a belicosidade indígena ritual que precedem a invasão europeia e prevalecem de distintas maneiras, ao arrepio da atuação e dos impactos causados pelo indigenismo dos estados nacionais limítrofes.
Abstract: The dissertation is a historical-anthropological study about the Keka between the Palikur-Arukwayene people of the Urukauá river that demonstrates the constitution of the autonomous person among the peoples that compose the interethnic mosaic on the border of Oiapoque from an event considered bellicose, time in which it seeks to bring to light the indigenous version related to the historical occupation of the Guyanese region that was constituted for centuries as the Caribbean Amazon. Despite the Keka be translated as war by different indigenous interlocutors, the ethnographic quotidian shows that it is best translated as party or warrior competition, addressing principles and motivations for the ritual indigenous bellicosity preceding the European invasion and prevail in different ways, to the shame of the action and the impacts caused by the indigenism of the bordering national states.
Keywords: Palikur-Arukwayene
Guerras guianenses
Competição guerreira
História Indígena
Warrior competition
Guyanese Wars
Indigenous History
metadata.dc.subject.areadeconcentracao: ANTROPOLOGIA SOCIAL
metadata.dc.subject.linhadepesquisa: POVOS INDÍGENAS E POPULAÇÕES TRADICIONAIS
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Dissertações em Antropologia (Mestrado) - PPGA/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_KekaImawriNarrativas.pdf3,19 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons